Início

Os bancos continuam a valorizar cada vez mais as casas em Portugal. Pelo quarto mês consecutivo, o valor médio da avaliação bancária voltou a aumentar em julho, tendo subido 0,9% face ao mês anterior e voltando aos níveis de 2012, cada vez mais perto dos preços vistos registados antes do resgate externo a Portugal.

E além das avaliações mais favoráveis para os proprietários, a banca portuguesa volta a mostrar sinais de que está mais disponível para dar mais crédito para a compra de casa e em melhores condições, aproveitando a ajuda do Banco Central Europeu e a redução das taxas de juro em todo o mundo, que levaram a uma queda dos spreads.

Os bancos a operar em Portugal estão assim a emprestar uma percentagem maior do valor total dos imóveis. Voltam a conceder quase 80% do valor total da avaliação da casa, quando no final de 2013, davam apenas 63,9% das avaliações em créditos à habitação, para se protegerem dos possíveis incumprimentos dos clientes.

A percentagem de valor emprestado é, de acordo com os dados do INE, a mais alta desde 2010 e surge como consequência das taxas de juro historicamente baixas em todo o mundo, que levaram a uma queda dos spreads.

Casas valem mais 2% que há um ano

O valor médio da avaliação bancária aumentou em julho, registando uma variação homóloga de 2,0% e fixando-se nos 1.039 euros por metro quadrado, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE), revelados ontem.

No caso dos apartamentos, aumentou 0,9% face ao mês anterior, atingindo os 1.088 euros por m2 em julho. Já nas moradias, o valor médio por m2 cresceu para 959 euros, traduzindo um aumento mensal de 0,8%, face ao valor observado em junho.

A Área Metropolitana de Lisboa foi a região que mais contribuiu para o resultado agregado, com uma variação de 1% associada a um valor médio de 1.271 euros por metro quadrado, segundo o INE.

Também na comparação com o período homólogo, a Área Metropolitana de Lisboa (variação de 4,1%) foi a que mais influenciou o resultado agregado.

Noticias

  • IMI e as novas leis O que deve saber sobre incidência, o início de tributação, o valor das taxas, isenções e reduções, liquidação e pagamento.
    ver mais...
    Pagou IMI a mais? A Deco revelou hoje que os portugueses já pagaram oito milhões de euros de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a mais porque as finanças não atualizaram a idade e o valor das casas. ver mais...
     
     
  • Calcule o seu IMIA Associação Portuguesa para a defesa dos consumidores (DECO) disponibilizou um simulador ‘online’ para calcular o valor correto do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). ver mais...
    pensa fazer um emprestimo? Depois de um período prolongado com dificil acesso ao crédito agora é a melhor altura para investir as casas valem cada vez mais e bancos voltam a conceder 80% do crédito. ver mais...
     
     

Situar-Nos

Av. Santo Amaro
Ed Parque dos Principes, Lj.2,
Chaves, 5400-055, Portugal
(351) 276 009 307
Seg-Sex 9:00-19:00
Sab 9:00-13:00